Archive for Novembro 2014

Ressha Sentai ToQger: Episódio 37

By : Clock Up
Muito eloquente!
Mais um episódio interessante focado no ToQ #2. 
O plot das "Cidades Sombrias" continua sendo explorado aqui, e de quebra, temos uma revelação que se mostrará de suma importância para o desenvolvimento da trama principal.
Aproveitem, porque parece que pelo preview, a série voltará ao humor pastelão habitual no próximo episódio.


Cheers!

Tokusou Robo Janperson - Episódio 6

By : Charles William Krüger
Se eu fosse tão feio, também choraria

Olá, amigos do Rampage.

Voltamos com mais um episódio de Janperson, um Metal Hero excelente que vai me cativando mais e mais a cada episódio. (Espero que a vocês também)

O episódio de hoje mantém o nível dos anteriores, e pode até ser considerado emocionante. E tem a estreia do grupo de vilões da Rede de Super Ciência.

Confiram. 

 

Sukeban Deka I (1985) Episódio 10

By : Goggle Red
Mais um rosto do mundo tokusatsu marcando presença em Sukeban Deka I. E desta vez, a mais importante geração de tokufãs brasileiros entra em cena. Sachiko Shigeno participou de Changeman, onde fez Sakura, o anjo do planeta Meryl (será que o "Sakura no Daimon" inspirou esse nome? Hum...). Já desta vez, Sachiko interpretará Naoko Mizushima, uma promessa do vôlei explorada por técnicos e empresários. O papel ideal, portanto, para vermos a musa de Hayate exibindo seu shortinho maravilhoso toda sua dramaticidade.
Com este episódio, chega ao fim a primeira fase do seriado. A partir do próximo desafio que terá pela frente, Saki precisará recorrer à toda sua experiência acumulada até aqui para triunfar. Fiquemos desde já na expectativa, pois o cenário que espera por nossa heroína não é nada menos que assustador.

Ressha Sentai ToQger: Hyper Battle DVD

By : Clock Up
Batalha mais emocionante da série...
Yo!
Originalmente não estava em nossos planos traduzir esse Hyper Battle DVD tão cedo. (o Over-Time legendou isso há mais de duas semanas). Motivo? Simples: A equipe toda está realmente muito ocupada com outras coisas... infelizmente não seria possível incluir mais essa na nossa agenda.
No entanto, na última hora, recebemos a ajuda inesperada do nosso amigo LucasD do THC, que foi quem traduziu esse especial para nós. (agradeçam à ele, galera! xD)

Por enquanto é isso...


Cheers!


torrent mkv

DDL:
mkv | mp4 | script |

Ressha Sentai ToQger: Episódio 36

By : Clock Up
Eis o tão aguardado ToQ #0!

Parece que as coisas já começam a caminhar para a conclusão enquanto o Ressha Sentai chega cada vez mais perto de alcançar a sua tão desejada volta pra casa... 
Além de ser um episódio emocionante, essa estação ainda avança a história consideravelmente. Confiram...

Cheers!

PÁGINA DE DOWNLOAD

A Terminologia dos Super Sentais - Parte 1

By : Victor Hugo da Silva
Logo da "Franquia Super Sentai".
Olá, galera que acompanha o Rampage Subs! Hoje venho aqui para começar uma série de matérias bem legais para vocês. Já devem existir algumas na internet com o mesmo propósito, mas eu gostaria de deixar a minha visão sobre o assunto. Bom, sem muita enrolação. Hoje eu vou falar pra vocês sobre a nomenclatura de nossos heróis e esquadrões coloridos, e aproveitar para discutirmos um pouco sobre termos japoneses (ou não-japoneses) e suas colocações e trocadilhos nos nomes dos Sentais!

OBS.: Kanji, Katakana e Hiragana são os 3 alfabetos utilizados pelos japoneses. Como existem formas diferentes de escrever mesmas palavras ou palavras diferentes com o mesmo significado, fiz questão de especificá-los em cada termo para uma melhor compreensão dos mesmos.

OBS.²: A tradução da palavra “man” presente nos títulos de alguns esquadrões é aqui traduzida como “homem” no sentido de “seres humanos” e não em referência a pessoas do sexo masculino.

Bom, antes de mais nada é sempre importante frisar a tradução da palavra "sentai" (戦隊, em kanji, ou せんたい em hiragana), palavra japonesa que significa "esquadra", "esquadrilha" ou "esquadrão".

Dito isso, vamos começar como primeiríssimo "Himitsu Sentai Goranger”! "Himitsu" (秘密, em kanji, ou ひみつ, em hiragana) é uma palavra japonesa que significa "segredo", ou, nesse caso, "secreto", referindo-se ao fato de nossos heróis serem agentes secretos. “Go” faz referência ao número 5, que em Japonês se fala “go” (, em kanji). Porém, no logotipo da série esse “go” está escrito assim: “”, em katakana (pode-se escrever “”, em hiragana). Segundo minha pesquisa, a primeira forma significa “sangue coagulado” e a segunda, em hiragana, é uma das formas de falar “você”. Mas, além disso, em ambas as formas a palavra pode ser traduzida como “cinco”, assim como o kanji. Independente disso, é usado como uma sílaba normal componente de outras palavras maiores. Fica no ar essa dúvida, mas com certeza a tradução mais correta de “Goranger” seria “Cinco Rangers”, ou “Cinco Guardiões”, já que “ranger” é uma palavra inglesa que significa “guarda-florestal” e pode ser facilmente traduzida como “guardião”. Bom, partiremos para a próxima!

“J.A.K.Q. Dengeki Tai” foi a segunda série Sentai e seu nome é bastante curioso. “J.A.K.Q.” são as iniciais dos nomes em Inglês de 4 dos principais personagens do baralho francês de 56 cartas. “J” vem de “Jack” (também chamado de “Knave”, em Inglês), a palavra inglesa para “Valete”. Ela também representa a letra do ranger azul da série, o “Dia(mond) Jack” (traduzindo: Valete de Ouros). “A” vem de “Ace”, nome em Inglês da carta “Ás” do baralho francês. Ela representa o ranger vermelho da série, “Spade Ace” (que traduzindo fica “Ás de Espadas”). Já o “K” refere-se ao personagem “King” (Rei, em Português) da carta K do baralho francês. Essa letra representa o ranger verde da série, “Clover King” (Rei de Paus, em PT). “Clover” nesse caso não é a palavra em Inglês para o naipe de “Paus”, essa na verdade é “Clubs”. “Clover” significa “trevo”, que é o elemento representado pelo naipe de Paus. E, por fim, “Q”, que representa a Dama, chamada em Inglês de “Queen”. Essa letra representa a ranger rosa da série, “Heart Queen”, ou “Rainha de Copas”. Além disso temos o “Dengeki Tai”. “Dengeki” (電撃, em kanji) significa “choque” ou “ataque elétrico”/”ataque relâmpago”, termo repetido no Sentai “Dengeki Sentai Changeman”, de 1985. Já a palavra “Tai” (, em kanji) significa “pelotão” ou até mesmo “esquadra” ou “equipe”, uma espécie de abreviação ou diminutivo da palavra “Sentai”.

O sentai seguinte foi “Battle Fever J”. Ele pode ser inicialmente traduzido como “Febre de Batalha J”, onde o J aparentemente não tem uma explicação para existir. Acredito que possa ter alguma relação com o fato dessa equipe possuir o primeiro robô gigante de uma série Sentai e/ou dela ter sido produzida pela Marvel, parceira da Toei na época.

O 4º Sentai foi “Denshi Sentai Denjiman”. “Denshi” (電子, em kanji, ou でんし, em hiragana) significa “elétron”. Se traduzirmos apenas “Den” ( em kanji, ou でん, em hiragana) teremos “eletricidade”. Este prefixo foi repetido em nomes de outros esquadrões como “Choudenshi Bioman”, “Denji Sentai Megaranger” e “Zyuden Sentai Kyoryuger”, que serão explicados mais pra frente, além dos já mencionados “Dengeki Sentai Changeman” e “J.A.K.Q. Dengeki Tai”. Além disso, “Denji”/“Denzi” (電磁, em kanji) significa “eletromagnético”, sendo este o mesmo “den” que foi usado anteriormente, mas agora com o sufixo “ji”/”zi” que se traduz como “magnético. O nome todo traduzido ficaria algo como “Esquadrão Eletrônico Homens Eletromagnéticos”.

Seguindo, temos “Taiyou Sentai Sun Vulcan”. “Taiyou” significa “sol” (太陽, em kanji) e quando escrito em hiragana (たいよう) significa “oceano”.  “Sun” e “Vulcan” são as palavras Inglês para “Sol” e “Vulcão”, que juntas podem ser traduzidas como “Sol Vulcânico”, “Sol do Vulcão”, “Vulcão Solar”, etc... Mas aí existe um trocadilho, muito bem colocado, onde o “Sun” em japonês se lê “san” (サン, em katakana), que também é a palavra japonesa para o número 3 (, em katakana), número de rangers presentes nesta temporada (se não contarmos a substituição de Vul Eagle no meio da série e a White Rose Mask, que é mais uma espécia de Bangai Hero, já que não pertence ao time principal de heróis).

Depois veio “Dai Sentai Goggle V”. “Dai” (, lê-se “Ou” em kanji) significa “grande” como foi escrito no logotipo da série, mas, dependendo de quais letras se usa, pode significar “capítulo” (だい, hiragana; , kanji), geração (, katakana), título (, kanji), plataforma (, kanji), morrer (ダイ, katakana) e “grosso” (, kanji). “Goggle” é uma palavra em Inglês que significa “óculos de proteção” ou apenas “óculos”, provavelmente referindo-se aos visores dos capacetes dos heróis. O “V” é o número romano para “cinco” ou “five” (em Inglês) que representa o número de rangers presentes na série. Resumindo, o nome do esquadrão seria algo como “Esquadrão Grande Cinco Óculos”. Vale lembrar também que quando foi exibida no Brasil a série ganhou o nome de “Gigantes Guerreiros Goggle V”.

Em seguida tivemos “Kagaku Sentai Dynaman”. “Kagaku” (科学, em kanji) significa “ciência” ou “científico”. “Dyna” vem do Inglês “Dynamite”, ou, em Português, “Dinamite”, se referindo ao fato de nossos heróis serem “explosivos”. No geral, seria algo como “Esquadrão Científico Homens Dinamite”.

“Choudenshi Bioman” é um sentai que eu, particularmente, acho legal. “Cho” é a palavra japa para “super”. “Denshi”, como vimos anteriormente significa “elétron” ou “eletrônico” e “den” significa “eletricidade”. “Bio” (バイオマン, em katakana) vem do grego e significa “vida”, neste caso, e também é a abreviatura de “biológico”. Portanto o nome da equipe em Português seria “Super Elétron/Eletrônico Homens Vida”.

E para terminar essa primeira parte da postagem temos o já mencionado “Dengeki Sentai Changeman”. “Den”, que significa “eletricidade” junta-se aqui com “geki” (, em kanji) que pode significar “ataque” (mas pode-se escrever “Kougeki” (攻撃) ou apenas “Kou” ()). Ficaria algo como “Ataque relâmpago”. Mas, na verdade, “dengeki” é a tradução para o japonês de “Blitzkrieg”, uma palavra alemã que refere-se à "guerra relâmpago" que são táticas de assalto utilizadas em confrontos armados, técnica bastante utilizada durante a 2ª Guerra Mundial. “Change” significa “mudança” ou “transformação” em Inglês, e “Changeman” seria algo como “Homens que mudam” ou “Homens que se transformam”. Portanto, ficamos com “Esquadrão de Ataque Relâmpago Homens que se transformam).

Realmente alguns nomes ficam engraçados e até sem sentido quando são traduzidos, mas tenho certeza que a postagem está sendo bastante esclarecedora para alguns e também interessante. É isso! Acaba aqui a nossa primeira parte da postagem. Espero que tenham gostado, e quem gostar pode deixar comentários e compartilhar o post para que eu faça a 2ª parte! Obrigado a todos!

Sukeban Deka I (1985) Episódio 09

By : Goggle Red
Os fatos desagradáveis que Saki se vê obrigada a suportar neste episódio, apesar de tão cruéis quanto a situação já imposta a ela pelo Gabinete, devem ser vistos pelo espectador como o último_ e decisivo_ passo para que a heroína alcance, enfim, seu completo fortalecimento de espírito. Após enfrentar pela primeira vez a rejeição da mãe, a intimidação vinda por parte de desconhecidos lhe parece um desafio até fácil. Até por isso, talvez em nenhum outro momento deste seriado as ruínas que se espalham pelo caminho da delinquente levaram-na tão próxima do caos.
O episódio se destaca ainda por mais uma participação especial de uma cantora de J-Pop dos anos 80: Kaori Tsuchiya, que fez algum sucesso em 1984 com sua canção "Mo ienante kaeranai". Também atriz, Kaori interpreta aqui Yuko, uma vítima ainda mais atormentada pelas atrocidades dos colegas, que encontra em Saki uma preciosa mão amiga.

11 Tokusatsus criados por Shotaro Ishinomori

By : Kleber
Shotaro Ishinomori é mais conhecido como o criador das franquias Super Sentai e Kamen Rider, nascido Shotaro Onodera em Tome, Miyagi, Japão, em 25 de Janeiro de 1938. Mudou o nome para Shotaro Ishimori e, mais tarde, para Shotaro Ishinomori. Ishinomori faleceu em 28 de Janeiro de 1998, por conta de complicações cardíacas.
Seria uma tremenda injustiça apenas considerar essas duas franquias em sua lista de criações, afinal, ele também era um mangaka de primeira, tendo aprendido o ofício com o lendário Osamu Tezuka, que influenciou bastante em seu traço. 
Além de desenhar suas próprias criações, ele desenhou materiais suplementares de Astro Boy e a versão mangá do jogo “The Legend of Zelda – A Link To The Past” para a revista americana Nintendo Power. Dentre suas obras, Cyborg 009 de 1964 virou anime. Falando sobre suas obras, mas agora as que viraram tokus (excetuando suas obras exibidas no Brasil e as das franquias Super Sentai e Kamen Rider), que tal conhecê-las agora?

1 - Henshin Ninja Arashi 1972 - 47 episódios
Na Era Edo, onde havia um período de paz e prosperidade, um grupo de ninjas conhecidos como Clã Chigurumatou, liderados por Majin Sai, planeja destruir a paz no Japão e disseminar o caos. Utilizando a antiga habilidade de transformação “Ninja Henshin Jutsu”, os membros do clã se tornam Yokai Ninjas e sobrepujam qualquer um que for contra eles. Um de seus seguidores se revolta contra eles, ensinando á seu filho, Hayate, essa arte, para que ele possa se transformar no homem pássaro Arashi e combatê-los. O pai de Hayate é morto e o jovem jura vingança contra o maligno clã ao qual seu pai serviu.

2 - Jinzo Ningen Kikaider 1972 - 43 episódios/Kikaider 01 1973 - 46 episódios
Kikaider foi criado pelo Dr.Komyoji quando este estava prisioneiro na base da organização DARK. Ao contrário do que o Professor Gill, líder da DARK queria, Kikaider foi modificado para que ele proteja os inocentes e derrote DARK. Sua forma humana, Jiro, é similar à aparência do falecido filho do Dr.Komyoji e ele sempre carrega consigo um violão vermelho, que ele sempre toca um determinado acorde para anunciar sua chegada aos inimigos.
https://www.youtube.com/watch?v=0ZsLJlL4EoE
Quando o cérebro do Professor Gill é inserido no corpo do andróide Hakaider e ele inicia uma nova organização chamada SHADOW, o andróide Kikaider 01 desperta para combater Hakaider. Kikaider 01/Ichiro pode ser considerado o irmão mais velho de Jiro. Ao contrário de Jiro, Ichiro possui um circuito de consciência completo, embora também possua livre arbítrio. Ele é abastecido por energia solar. Assim como Jiro toca um instrumento musical, no caso violão, Ichiro toca trompete.
Entre 2000 e 2003 foram lançados OVAs de Kikaider (13 episódios) e Kikaider 01 (4 episódios), o anime mantinha o estilo do traço de Ishinomori Sensei.

3 - Robot Keiji K 1973 - 26 episódios
Shiba Daizo é o inspetor-chefe do departamento de polícia de seu distrito, mas a idade avançada começa a pesar em cima de sua carreira como policial, é então que seus superiores o surpreendem com um novo parceiro, um robô detetive chamado K. Shiba abomina a ideia de um robô trabalhar para o departamento de polícia, ele o despreza porque sabe que logo todos de seu ramo podem ser substituídos por máquinas desprovidas de sentimentos e isso desvaloriza todos os seus anos de trabalho árduo como investigador profissional.
Mas quando uma série de crimes envolvendo robôs começa a chamar a atenção da polícia, Shiba só pode contar com a ajuda de seu parceiro mecânico e suas habilidades incomuns de investigação. Logo ele irá descobrir o mistério por trás da origem de K e sua relação com os recentes incidentes.
No jogo Street Fighter III, o personagem Q é uma óbvia homenagem ao Robô Detetive K.

4 - Inazuman 1973 - 25 episódios/Inazuman Flash 1974 - 23 episódios
Watari Goro (Inazuman) é um mutante. Quando o Império Neo-Humano (Teikoku Shinjirui) começa a atacar a humanidade usando seu Exército Fantom e monstros mutantes, Goro coloca suas habilidades psiônicas para funcionar. Ao gritar Choriki Shorai (Invocar Poder Máximo), ele se envolve em uma espécie de casulo e surge sua pré-forma, Sanagiman. Quando Sanagiman luta por um certo tempo, o medidor em seu cinto ultrapassa o poder máximo e ele se transforma em Inazuman ao gritar Goriki Shorai (Invocar Poder Supremo). O grito de kiai característico do personagem é "chest", ele possui um veículo chamado Raijingo e é auxiliado pela Liga Jovem, uma patrulha científica formada por jovens com poderes psíquicos.
Após a derrota do Imperador Bamba, Inazuman precisa enfrentar a ameaça do Exército Despar, liderados por Geisel (Acha que já ouviu esse nome antes? Se você ainda se lembra das aulas de história, COM CERTEZA esse nome é familiar, o personagem possui o mesmo nome do General Ernesto Geisel, que presidiu o Brasil na época em que o país era comandado pelos militares. No Rampage Subs também se aprende um pouco de história nacional! LOL). Os combates entre Inazuman e Despar compõem a segunda temporada de Inazuman, denominada Inazuman Flash.
O ator Daisuke Ban deu vida à Watari Goro. O ator também havia interpretado a forma humana de Kikaider, Jiro.
Em 2003, foi lançado o OVA Kikaider VS.Inazuman. 

Inazuman ressurge no filme Kamen Rider × Kamen Rider Wizard & Fourze: Movie War Ultimatum. Além da mudança visual, ele usa o nome de Saburo Kazeta, que é o nome do personagem no mangá (a mudança do nome de Saburo para Goro se deu por conta do personagem Hakaider (da série Kikaider), cuja forma humana se chama Saburo).

5 - Ganbare!! Robocon 1974 - 114 episódios
A série mostra o dia a dia de Robocon, um estudante da Academia de Robôs Gantz, que vive entre os humanos para estudar como eles vivem. Foi o primeiro tokusatsu da TOEI dedicado diretamente às crianças. Recebeu uma sequencia em 1999, com o nome de Moero!! Robocon, que quase chegou a ser incluída no gênero Metal Hero, tal qual aconteceu com Kabutack e Robotack.

6 - Akumaizer 3 1975 - 38 episódios
A série mostra as aventuras de três mutantes refugiados do Clã Akuma (Clã do Demônio), um vasto império subterrâneo. Os três guerreiros se chamam Xavitan (um espadachim meio humano, meio demônio), Evil (ou Ebiru, um atirador um tanto vaidoso) e Gabra (ou Gabura, um brutamonte um tanto leviano).
Os Akumaizer 3 retornam como vilões em Kamen Rider VS.Kamen Rider Wizard & Fourze: Movie War Ultimatum. Além da mudança visual, seus nomes sofreram alterações: Xavitan virou Xatan, Evil virou Eel e Gabra virou Gahra.

7 - Choujin Bibyuun 1976 - 36 episódios
Quando os corpos originais dos Akumaizer 3 foram destruídos, eles reencarnam como Bibyuun (Xavitan), Bashaan (Evil) e Zushiin (Gabra) e agora possuem formas humanas (Kei Tsukumura, Ichiro Suga e Go Watabe, respectivamente).

8 - Uchuu Tetsujin Kyodain 1976 - 48 episódios
O Exército Robô do planeta Dada sequestra o cientista Dr.Hayami e dois de seus três filhos e o obrigam a otimizar sua tecnologia. Ele não tem escolha senão prosseguir e transformar seus filhos em ciborgues, apesar de sua raiva, ressentimento e culpa.
Um ano depois, com a tecnologia suficientemente avançada, o Exército Robô retorna à Terra para colocar seus funestos planos em ação. Entretanto, dois robôs desconhecidos surgem para impedi-los. É revelado então que o Dr.Hayami reprogramou a personalidade de seus agora transformados filhos Jouji (Skyzel) e Ryouji (Grounzel) para combater os vilões. Ryouji foi interpretado por Takeshi Sasaki, que havia interpretado o Kamen Rider Niigo. 
Groundel (agora chamado de Groundain) e Skyzel (renomeado como Skydain) reaparecem como vilões em Kamen Rider Fourze the Movie: Minnade, Uchuu Kita! (em uma tradução livre "Espaço, aí vamos nós!"). Além da mudança visual, o gênero de Skydain agora é feminino.

9 - Kaiketsu Zubat 1977 - 32 episódios
Ken Hayakawa é um detetive que se veste de um modo cowboy nada discreto. Ele sempre carrega consigo um violão branco que guarda sua vestimenta Zubasuit. Entretanto, tal vestimenta só pode ser utilizada por cinco minutos, já que os circuitos da roupa podem sobrecarregar e fazer com que a mesma exploda. Quando utilizando a Zubasuit, Ken possui super força e super agilidade, sendo capaz até mesmo de repelir balas usando seu chicote.
Zubat, ao lado de Kikaider, Kikaider 01 e Inazuman, reaparecem em sua forma original no filme OOO, Den-O, All Riders: Let's Go Kamen Riders, onde eles derrotam o General Shadow (vilão de Kamen Rider X).

10 - Daitetsujin 17 1977 - 35 episódios
Brain é o maior computador do mundo e possui um nível ilimitado de inteligência. Um dia, Brain decide abandonar seu elo com a humanidade e agora é dever dos Defensores combatê-lo. Infelizmente, Brain desenvolveu um incrível exército de letais robôs gigantes, incluindo um com um imenso "17" em seu peito, mas tal robô acabou abandonado em combate. Saburo Minami, um jovem garoto cuja família foi morta pelos seguidores de Brain, decide ativar Daitetsujin 17 (lê-se "one seven") que passa a vir em seu auxílio cada vez que ele está em perigo ao alcance dos seguidores de Brain. Saburo consegue controlar Daitetsujin 17 graças á um capacete de controle que lhe permite ligar sua mente ao robô. Daitetsujin 17 nutre uma grande revolta por ter sido abandonado por Brain.

11 - Voicelugger 1999 - 12 episódios
Voicelugger foi o último tokusatsu produzido por Ishinomori Sensei e exibido de forma póstuma. A série tinha a intenção de seguir uma linha mais séria, embora fosse uma paródia de tokusatsus antigos. O elenco da série era composto por dubladores (chamados de seiyuus, no Japão) e artistas musicais populares entre os fãs de anime e tokusatsu (por exemplo, Voicelugger Gold é interpretado por Ichiro Mizuki).

Menção honrosa: Skull Man
Skull Man é um personagem de um mangá One Shot (mangá composto por um único volume ou capítulo, não sendo parte de uma série de mangás), é considerado o primeiro anti-herói dos mangás e seu visual serviu de origem ao visual do Kamen Rider Ichigo. Não só o visual, mas toda a trama de Skull Man foi adaptada para o que conhecemos hoje como a primeira série Kamen Rider, porque o clima da história de Skull Man era muito sombrio e sério.
Tatsuo Kagura (Skull Man) foi submetido a diversas experiências por seus pais e pelo líder da organização Sindicato, Rasputin. Tais experiências derma à Tatsuo incríveis poderes e habilidades. Quando sua irmã, Maya, nasceu, seu avô, Kogetsu Chisato, assassinou seus pais e estava a ponto de fazer o mesmo com Tatsuo, ele foi salvo por seu futuro parceiro Garo. Tatsuo foi adotado pela família Kagura. Durante 15 anos, Tatsuo treinou e dominou seus poderes e decidiu iniciar sua vingança contra o Sindicato.
Na versão de Skull Man de 2007 (anime e live action), Skull Man não é uma pessoa, mas sim um traje que permite que seu usuário tenha superpoderes e saiba manejar armas mortais, em troca de se tornar um assassino sanguinário.
A versão Live Action é intitulada Skull Man: Prologue of Darkness (Prólogo da Escuridão) é considerada o episódio zero da versão em anime (que teve 13 episódios).
O personagem Kamen Rider Skull em Kamen Rider W teve seu visual inspirado no visual de Skull Man.

E assim conhecemos um pouco mais algumas obras e sobre aquele que é o grande responsável pela existência de duas das mais conhecidas franquias de tokusatsu (como podem ver na imagem acima, ele gostava de fazer algumas participações especiais em suas produções).
Gostou da matéria? Gostaria de sugerir algum tema? Vá ali abaixo e deixe seu plá nos comentários!

- Kleber “Nazca”

- Copyright © Rampage Subs - Rampage Subs - Powered by Blogger - -